Vagas e mais vagas abertas na Trevisan Tecnologia!

Você é desenvolvedor? Quer desenvolver para Web com Java? Quer desenvolver Apps iPhone? Android? Windows Phone? Blackberry? Java ME? 

Você curte trabalhar no comercial? Quer trabalhar com o uMov.me, produto de mobilidade corporativa e ajudar na evolução do mesmo no mercado? 

Então chegou a hora! Estamos com oportunidades no comercial e no nosso time de desenvolvimento.

Contratações em aberto no mês de março!

Estamos a procura de novas pessoas para nossa equipe. Desenvolvedores Web com foco em Java, VRaptor, JQuery e outras coisas legais. E desenvolvedores Mobile com foco em Windows Phone. E com a mentalidade que trabalhamos aqui. 🙂

Já falamos algumas vezes sobre nosso jeito de contratar. Então qualquer dúvida, faça contato conosco!

Uma coisa importante, é que contratamos apenas quando dói, fazendo referência ao livro rework. Então saiba que você está entrando no momento certo e que será valorizado e apoiado por todos da equipe desde o primeiro dia.

Quem escreveu este post? Daniel Wildt é CTO da Trevisan Tecnologia e curte ajudar o time a melhorar continuamente. Site no danielwildt.com e twitter @dwildt.

TTLabs Summit Q2/2011 – Daniel Wildt manda dicas para apresentações

Palestrei sobre o método @Lessig@PresentationZen e @GuyKawasaki, mostrando dicas para melhorarmos nossas apresentações.

Confesso que tive uma ajuda para passar e fixar a mensagem. Foi uma técnica usada pelo @Peleteiro no Agile Weekend 2009, sobre os bebês focas.

Acho que funcionou! 🙂 

Se você mudou sua técnica de apresentação, o que mudou? Mande seu comentário! 

Quem escreveu este post? Daniel Wildt é CTO da Trevisan Tecnologia e curte ajudar o time a melhorar continuamente. Site no danielwildt.com e twitter @dwildt.

A Importância do Uso dos Indicadores (BSC)

Passar de forma clara aos colaboradores seus objetivos organizacionais é um desafio para a maioria das empresas. As pessoas geralmente entendem o que a empresa busca, mas não entendem o caminho que deve ser percorrido para atingir tais metas. Normalmente, o caminho não está claro para todos.

A questão principal é: “Será que todos sabem claramente o que precisam fazer para que a empresa atinja suas metas? O caminho está claro para todos?”

 

Para auxiliar nesse processo de comunicação entre a empresa e seus colaboradores existe o Balanced Scorecard (BSC), que através de seus indicadores balanceados e estruturados para cada área da empresa, visa auxiliar os colaboradores nas tomadas de decisões para que os objetivos organizacionais sejam atingidos o mais rápido possível.

Maiores informações sobre o assunto poderão ser acessadas diretamente no blog Análise Ágil de Negócio, que possui o post completo sobre o uso de indicadores.

Quem escreveu este post? Emerson Schenatto é analista de negócio da Trevisan Tecnologia. Site eschenatto.blogspot.com e twitter @eschena.

A semana de trabalho

Olá, 

Trabalho com iterações semanais. Com isto sei quanto de tempo (horas) tenho disponível (nada de hora extra), sei quanto custa minha equipe, e tendo trabalhado com a equipe faz algum tempo, sabemos quantos pontos vamos conseguir entregar por semana em média. 

Planning game segunda-feira pela manhã, retrospectiva sexta-feira a tarde. Média de 1h30min, 2h para cada cerimônia destas. Standup meetings feitas diariamente. Na segunda-feira ela fica “embedded” na reunião de planejamento. 

Trabalho de análise é evolutivo e parte é feito dentro da iteração. 
Muitas vezes realizamos spikes[1] e paper prototyping[2] para entender melhor uma demanda e poder planejar com mais certeza. 

Conforme uma funcionalidade vai ganhando força e “interesse”, ela vai evoluindo em definição. Dentro do processo 3C [3]. 
Lembrete -> roadmap -> épico -> user story -> testes de aceitação
Tenho que fazer um post sobre isto. Anotei aqui.

uMov.me completa 1 ano!

Não tem como deixar de falar sobre o primeiro ano do uMov.me. No dia 11 passado completamos 1 ano do lançamento público do uMov.me

Nossa equipe tem trabalhado diariamente para desenvolver um produto excelente, que os usuários tenham orgulho de usar. Nós temos orgulho de fazer! 

Deixamos alguns posts relacionados ao evento:

a) Release em português!

b) Infográfico também em inglês

 

uMov.me white label – Espiando a nova funcionalidade

Uma das funcionalidades que está saindo do forno é o white label. Permitir que o cliente dê a sua cara para o uMov.me com seu logo e suas cores. Tornando assim o uMov.me mais ainda o seu produto. Isto tanto no mobile quanto no aplicativo de gestão.

Bom, temos um padrão já conhecido com a praia, lembrando o foco em qualidade de vida. Para testar a funcionalidade de white label, sempre passamos por uma fase muito forte de testes, parte automatizados e parte manual. Como envolve interface, o negócio é explorar opções. 

O par que trabalhou, Eduardo Bohrer e Marcelo Cardoso, torce para times diferentes. Bohrer para o Grêmio e Cardoso para o Inter.  

Umovme-padrao

 A interface padrão do uMov.me

Umovme-inter

Adaptação com o tema do torcedor colorado.

Umovme-gremio

Adaptação com o tema do torcedor gremista. 

 

Quem escreveu este post? Daniel Wildt é CTO da Trevisan Tecnologia e curte ajudar o time a melhorar continuamente. Site no danielwildt.com e twitter @dwildt.

É para complicar ou simplificar?

Mais e mais o que se vê estar ocorrendo é que as pessoas querem soluções realmente simples e integradas para funcionar. O que quer dizer isto? O que o mercado está buscando ou dizendo?

  • serviços simples
  • melhor “user experience”
  • poucos clicks para gerar algum tipo de ação, objetividade, foco nas tarefas
  • mobilidade 

Na cio.com saiu um artigo sobre o fato dos cargos CxOs e gerentes de grandes empresas estarem “criando problemas” nas suas organizações querendo soluções mais simples que os grandes sistemas integrados com telas complexas e muitos processos. Eles buscam por mais mobilidade e soluções que sejam diretas, que atendam as suas necessidades.

Da mesma forma temos cada vez mais acessos a informações através de celulares e smartphones, aplicativos para os mais diversos fins, e pessoas buscando mobilidade e autonomia. 

Pequenos aplicativos, pequenas tarefas, poucos clicks, e portabilidade? O passo é poder mover 🙂 isto para o mercado corporativo e poder quebrar paradigmas

Carreira Profissional – O quão longa é esta estrada?

** Palestra realizada no TTLabs Summit de Q2/2011 por Rafael Helm.

Você já parou para pensar como é longa a estrada da carreira profissional?

Refletindo sobre minha carreira, (que ainda esta longe de acabar), percebi que a estrada é realmente longa, no meu caso serão quase 50 anos de labuta.

Porém, felizmente, logo após perceber que eu ainda teria muitos e muitos anos de trabalho pela frente, me lembrei de um artigo esportivo que falava a respeito dos segredos da mente campeã. Este artigo fazia referência a um tal de Stephen Long, autor do livro “Level Six Performance: A Gold Medal Formula for Achieving Professional & Personal”.

Então, seguindo a filosofia #AssimNoEsporteComoNaVida , acabei adaptando estes 11 principios do Stephen Long, trazendo-os da esporte para a carreira profissional, veja como ficou:

 

1. Aprendizado sobre ignorância

  • Não chore sobre o leite derramado.
  • Os problemas sempre vão acontecer, mas cabe a você aprender com eles (todos os dias, para sempre).
  • Aprenda com a diferença entre o resultado esperado e o resultado ocorrido.

Dica: Faça reunião de retrospectiva ao final de cada ciclo de trabalho (uma semana, 15 dias, 1 mês, …). A ideia é identificar e comemorar os acertos e enxergar e entender os erros bem como refletir sobre como evita-los no futuro.

 

2. Simplicidade sobre complexidade

  • Mantenha as coisas simples.
  • Não invente fórmulas mirabolantes.
  • Coisas complexas tomam mais tempo e geram mais risco e stress.

 

3. Proficiência sobre incompetência

  • Nunca se de por satisfeito com a sua produtividade e rendimento. Sempre é possível melhorar.
  • Busque evoluir sempre. isto vai te manter motivado para atingir e manter um nível de excelência.

Cuidado: Fazer mais rápido não é sinonimo de fazer melhor.

 

4. Excelência sobre mediocridade

  • Faça simples, mas da melhor forma possível.
  • Se for necessário faça menos, mas faça com excelência.
  • As pessoas lembram primeiro de quem fazem algo bem feito, e não de quem faz algo rápido. Seja excelente e vencerás.

 

5. Processo sobre resultado

  • Goste mais de buscar o resultado do que atingi-lo.
  • As chances de atingir o sucesso são mínimas se não há satisfação no seu dia-a-dia.

 

6. Progresso sobre deterioração

  • Multidisciplina e multitarefa não são a mesma coisa.
  • Se você fizer de tudo, sem foco, vai estar se deteriorando.

 

7. Decisão sobre vacilo

  • Seja determinado.
  • Não reclame quando aparecerem problemas, resolva-os.
  • Não deixe trabalho para depois, principalmente se for algo importante.

8. Equilíbrio sobre extremismo

  • Não seja radical, equilibre outros prazeres com a sua carreira mesmo quando seu trabalho proporcionar prazer e realização.
  • Profissionais que seguem uma base extremista acabam se sentido frustrados e pouco recompensados.
  • Mais do que sair de férias curta as férias e desligue do trabalho.

 

9. Eficiência sobre desperdício

  • Pare de fazer tarefas que não agregam valor para sua empresa ou cliente.
  • Faça certo na primeira vez.
  • Quando o bolo é bom ninguem reclama que faltou a cereja. Foque no bolo, esqueça a cereja.

 

10. Confiança sobre a dúvida

  • Todos falham algum dia. É inevitável. 
  • Não faça um dia ruim se tornar uma vida ruim, esteja sempre confiante.
  • Não deixe falhas pontuais abalarem sua confiança.

 

11. Humildade sobre arrogância

  • Escute mais, fale menos.
  • Troque conhecimentos com todos, sem precoceitos.
  • Não critique ideias, se não gostou questione ou sugira alguma coisa.

Veja o vídeo com a Lightning talk gravado no TTLabs Summit. 

 

TTLabs Summit (Q2/2011) – Carreira Profissional – O quão longa é esta estrada? from TTLabs on Vimeo.

Se você gostou divulgue para seus amigos, mas se você não gostou me ajude a amadurecer os principios através da seção de comentários aqui no TTLabs.

Dificuldades no TTPhotoPicker? Veja dicas!

O twitter tem uma seção na Central de Ajuda que cita algumas situações que causa ao usuário dificuldade para utilizar aplicativos em dispositivos móveis:

http://support.twitter.com/articles/315924-estou-com-dificuldade-para-entrar-na-minha-conta-usando-um-aplicativo-para-celular

Para facilitar, detalhamos abaixo pontos para ajudar na melhor experiência usando o TTPhotoPicker!

Data e Hora:

No momento em que o registro é feito no Twitter, uma validação de data e hora é realizada, ou seja, caso esteja incorreto no celular o registro será negado. Assim, atente-se para que as seguintes configurações estejam corretas:

  1. Data;
  2. Hora;
  3. Fuso-horário (em alguns modelos)

Na Figura 1, segue um exemplo da tela de configurações referente ao Nokia E5-00, onde é possível alterar esses valores.

Como o maior número de incidentes referentes à essa situalção refere-se ao Nokia C3-00, segue orientação de como chegar à tela de configurações:

No celular:

“Menu” > “Configurs.” > “Data e hora” > “Configs. data e hora”

Nokia_e5-00_004

Figura 1 – configurações de data, hora e fuso-horário

Configurações de rede:

Ainda utilizando o Nokia C3-00 como exemplo, existem duas situações referentes à conectividade que podem implicar em erro, são elas:

3G – Configuração de ponto de acesso:

No celular:

“Menu” > “Configurs.” > “Configuração” > “Ponto de acesso preferido” > Selecionar <ponto de acesso>*

 

*ponto de acesso referente à operadora que estiver utilizando

 

 Exemplo: TIM (Tim Connect Fast) / Vivo (Vivo Zap) / Claro (Claro Dados)

      

Wi-Fi – Configurações:

No celular:

“Menu” > “Configurs.” > “Conectividade” > “WLAN”

 

Nesse menu, acesse “WLANs salvas” e, caso haja alguma rede salva, remova-a!

 

Após remover, caso tenha sido necessário, acesse “Conexão c/ internet” e selecione a opção “Perguntar antes”.

 

Uma vez configurado isso, abra o TTPhotoPicker.

 

Acesse “Settings (Configurações)” -> “Register user (Registrar usuário)”

 

O celular questionará, então, se deseja permitir que o TTPhotoPicker utilize rede para enviar e receber dados. Responda que “Sim”.

 

Uma janela abrirá para que seja selecionada qual a conexão com a Internet será utilizada. Selecione “Procurar WLAN”.

 

Selecione a rede wi-fi que desejas utilizar. Caso necessário, digite a senha.

 

Caso esteja correto, será lhe perguntado se deseja salvar a rede para uso futuro. Responda que “Sim”.

 

Nesse ponto, os dados serão enviados ao Twitter e lhe será indicado uma URL para na seguir na configuração do TTPhotoPicker.