Modelo Mental do Usuário vs. Modelo Conceitual do Sistema

Nessa Lightning Talk realizada no uMov.me Labs Summit, é abordado o dilema entre o Modelo Mental dos Usuários e o Modelo Conceitual de um Sistema.

Há uma distância — nem sempre óbvia para quem é desenvolvedor de produtos digitais — entre a parte funcional de um Sistema (Mapa Conceitual) e a idéia que um Usuário faz dele (o Mapa Mental). Essa relação é mediada por uma Interface que faz a conversa entre essas duas partes e tenta diminuir ao máximo essa distância.

Para isso, é importante que a Interface não mostre ou não “diga” mais do que o necessário. Esse diálogo precisa fluir de maneira suave, como numa boa conversa.

  • O uso do humor, por exemplo, em mensagens de erro, ajuda a “puxar papo” em situações críticas.
  • Quem é o seu público? Desenvolvedor ou usuário não-especialista em tecnologia? Na maior parte dos casos, temos que lidar com um público heterogênio sem conhecimentos profundos de tecnologia.
  • Textos/linguagem: a mensagem não deve sera nem muito técnica, nem muito abstrata. Vai depender do seu público, mas, por via das dúvidas, seja sempre amigável.
  • Talvez seja necessário fazer uma “média” do Mapa Mental dos seus Usuários.

sistema-interface-usuario

Para saber mais sobre o assunto, leia esse artigo: The Secret to Designing an Intuitive UX : Match the Mental Model to the Conceptual Model.

Anúncios