Oficina de Prototipação de Software

Nessa oficina/workshop, apresento algumas ferramentas para desenhar telas e fazer protótipos navegáveis. O papo rolou dia 17/set/2014 na uMov.me.

Por que assistir?

  • Essa técnica permite visualizar melhor demandas de clientes – fazer um bate-e-volta com eles sem gastar muito verbo (nem verba); 🙂
  • Facilita a comunicação na hora de passar as demanda para desenvolvimento;
  • Além de dar margem para oportunidades não imaginadas inicialmente.

Anúncios

Mapas Mentais: uma ferramenta para ter sempre à mão

Thiago Esser fala sobre mapas mentais e de como eles podem nos ser úteis para resolver problemas e desenvolver software. A palestra foi gravada no uMov.me Labs Summit de Julho/2013.

Tópicos abordados

  • Mapas mentais não são unidirecionais como as listas
  • Eles representam (ou tentam representar) graficamente nosso pensamento
  • Servem para fazer engenharia reversa de problemas (veja o vídeo para entender!)
  • Servem como uma ata viva de uma reunião, para “viajar” e voltar
  • Documentam o desenvolvimento de software

Mapa mental da lightning talk

MindMaps

Anatomia de uma Mensagem de Erro (ou de Alerta)

Thiago Esser, Designer

Elas são necessárias, mas nem sempre tão espertas ou simpáticas quando a gente gostaria. São aquelas mensagenzinhas que volta e meia aparecem quando estamos preenchendo um formulário na web, ou quando estamos usando um aplicativo no smartphone.

Guia pro designer ou desenvolvedor

Abaixo, compartilho um pequeno guia pra escrever esse tipo de mensagem, o que, pela minha experiência, não é uma tarefa que se faz com as mãos nas costas.

  1. Informe o que aconteceu?
    Tip: Você não está tratando com idiotas e, muito provavelmente, não está falando com especialistas.
  2. Diga o que pode serfeito?
    Tip: A sua meta é sempre resolver o problema ali na hora.
  3. Ese, mesmo assim, o problema continuar?
    Tip: Vá até o fim, afinal de contas, o problema também é seu.

20130701-125314.jpg

[Update de 03/07/2013] Para revisar, além dessa estrutura básica, você pode pedir pra alguém olhar e avaliar esses quesitos:

  • O português está…

Ver o post original 133 mais palavras

Design Thinking Dojo na uMov.me

Num Dojo com mais conversa do que qualquer outra coisa, discutimos a abordagem do design thinking e de como podemos usá-la no nosso dia-a-dia. Em qualquer profissão, mas especialmente no desenvolvimento de software, para:

  • Validarmos pensamentos/idéias, transformando-as em algo visual
  • Gerando um entendimento compartilhado do que estamos discutindo
  • Fazendo perguntas que tragam à tona o sentido daquilo que produzimos
  • Repetindo esse processo sempre que necessário, levando-o na nossa “caixa de ferramentas” (toolbox)

Abaixo, a apresentação que guiou o nosso papo sobre o tema.

Modelo Mental do Usuário vs. Modelo Conceitual do Sistema

Nessa Lightning Talk realizada no uMov.me Labs Summit, é abordado o dilema entre o Modelo Mental dos Usuários e o Modelo Conceitual de um Sistema.

Há uma distância — nem sempre óbvia para quem é desenvolvedor de produtos digitais — entre a parte funcional de um Sistema (Mapa Conceitual) e a idéia que um Usuário faz dele (o Mapa Mental). Essa relação é mediada por uma Interface que faz a conversa entre essas duas partes e tenta diminuir ao máximo essa distância.

Para isso, é importante que a Interface não mostre ou não “diga” mais do que o necessário. Esse diálogo precisa fluir de maneira suave, como numa boa conversa.

  • O uso do humor, por exemplo, em mensagens de erro, ajuda a “puxar papo” em situações críticas.
  • Quem é o seu público? Desenvolvedor ou usuário não-especialista em tecnologia? Na maior parte dos casos, temos que lidar com um público heterogênio sem conhecimentos profundos de tecnologia.
  • Textos/linguagem: a mensagem não deve sera nem muito técnica, nem muito abstrata. Vai depender do seu público, mas, por via das dúvidas, seja sempre amigável.
  • Talvez seja necessário fazer uma “média” do Mapa Mental dos seus Usuários.

sistema-interface-usuario

Para saber mais sobre o assunto, leia esse artigo: The Secret to Designing an Intuitive UX : Match the Mental Model to the Conceptual Model.