Modelo Mental do Usuário vs. Modelo Conceitual do Sistema

Nessa Lightning Talk realizada no uMov.me Labs Summit, é abordado o dilema entre o Modelo Mental dos Usuários e o Modelo Conceitual de um Sistema.

Há uma distância — nem sempre óbvia para quem é desenvolvedor de produtos digitais — entre a parte funcional de um Sistema (Mapa Conceitual) e a idéia que um Usuário faz dele (o Mapa Mental). Essa relação é mediada por uma Interface que faz a conversa entre essas duas partes e tenta diminuir ao máximo essa distância.

Para isso, é importante que a Interface não mostre ou não “diga” mais do que o necessário. Esse diálogo precisa fluir de maneira suave, como numa boa conversa.

  • O uso do humor, por exemplo, em mensagens de erro, ajuda a “puxar papo” em situações críticas.
  • Quem é o seu público? Desenvolvedor ou usuário não-especialista em tecnologia? Na maior parte dos casos, temos que lidar com um público heterogênio sem conhecimentos profundos de tecnologia.
  • Textos/linguagem: a mensagem não deve sera nem muito técnica, nem muito abstrata. Vai depender do seu público, mas, por via das dúvidas, seja sempre amigável.
  • Talvez seja necessário fazer uma “média” do Mapa Mental dos seus Usuários.

sistema-interface-usuario

Para saber mais sobre o assunto, leia esse artigo: The Secret to Designing an Intuitive UX : Match the Mental Model to the Conceptual Model.

Anúncios

Uma opinião sobre “Modelo Mental do Usuário vs. Modelo Conceitual do Sistema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s